Páginas

Shakira: - Essa noite eu sou paulista

  
Shakira no palco do estádio do Morumbi


A chuva de São Paulo parecia prever o momento certo de aparecer neste sábado, dia 19, em São Paulo. Quando entrou no palco montado no Estádio Cídero Pompeu de Toledo, o Morumbi, pouco antes das 21h, Shakira era seguida por dois seguranças que seguravam guarda-chuvas sob sua cabeça para protegê-la da garoa fina que caia enquanto ela entoava a letra de Pienso en Ti. Antes de sua terceira música, no entanto, nenhum pingo caía mais do céu.

Era a deixa que a cantora precisava para usar e abusar da passarela que a levava até o meio dos fãs que estavam na pista premium. Foi ali que ela recrutou quatro garotas para rebolar ao seu lado ao som de Whenever Wherever e encantou dançando Gipsy.

Colombiana, a cantora não teve dificuldade nenhuma com o português e conversou com a platéia no começo do espetáculo, dizendo que estava com saudades do Brasil e que, por aquela noite, ela era exatamente como a maior parte do público:

Essa noite eu sou paulista!, dizia Shakira.

Todas as performances eram acompanhadas de passos de dança que pareciam fluir naturalmente ao invés de fazerem parte de uma coreografia premeditada. Shakira mexeu os quadris como só ela sabe, dançou apoiada na base do microfone, deitou no amplificar e levou os fãs à loucura. Fez tudo o que era esperado dela, só faltou uma coisa: cantar Estoy aqui.

Pelo menos três vezes durante a noite o estádio do Morumbi se unia em um só grito pedindo a música, que não foi incluída na set list do Pop Music Festival. Os fãs podem até não terem sido atendidos, mas quando a próxima música começava isso logo era esquecido.

Grandes sucessos, como Ojos AsíSale el Sol e Inevitable, que ela disse ser sua música favorita de todo o repertório, animaram a platéia, que vibrou e cantou junto cada refrão.

Quase que pressentindo o fim do show, a chuva, aquela do começo, voltou. Dessa vez mais forte. Não foi empecilho para os fãs, que não se incomodaram e continuaram pulando junto com Shakira, que animava o público da mesma maneira enérgica, sem se importar com a passarela descoberta.

Hips Don’t Lie e Waka Waka fecharam a noite depois de pouco mais de uma hora e meia de show, com chave de ouro e muita animação, pulo e, aí sim, coreografia. A cantora se despede do país depois de 14 anosafastada.

Por mais uma noite de muitas em sua vida, Shakira foi LocaLoba e até mesmo África. Mas, só por essa noite, Shakira foi paulista.



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário